Dança Planetária

Orientada por Teresa Prima

TEMA: Florescer no Coração

31 de Março

HORÁRIO:
16:30

Adultos: 6€
Crianças: 4€

LOCAL:
Parque Urbano de Rio Tinto
Ponto de Encontro - Foyer do Centro Cultural de Rio Tinto

Motivação:

A coreógrafa americana Anna Halprin (98 anos) procurou na sua extensa carreira artística criar danças que têm verdadeiro significado para os indivíduos e grupos envolvidos, danças que têm o poder de efectivamente mudar as vidas das pessoas. 
A Dança Planetária enquanto ritual comunitário abraça este princípio. Sou graduada pelo Tamalpa Institute na Califórnia, fundado por Anna Halprin e Daria Halprin, tendo a Dança Planetária integrado o curriculum e me sido transmitida pelos seus criadores: Anna Halprin e James Nixon. 
Em 2014 participei e ajudei a organizar a Dança Planetária em Marin County com o tema Relembrar as crianças. Tornou-se minha intenção difundir este projecto e tornar Portugal parte da rede mundial constituída por mais de cinquenta países onde a Dança Planetária já teve lugar. Actualmente já foram dinamizadas duas edições.
Teresa Prima

Sobre:

Sendo um ritual é uma dança que transporta um propósito, uma intenção. Todas as Danças Planetárias têm como razão de existência serem uma dança pela paz entre as pessoas e paz para com a Terra.Florescer no coração é o tema da 2ª edição da Dança Planetária organizada pela Nova Terra e facilitada por Teresa Prima. Uma celebração primaveril em tom de amorosidade em torno de nós mesmos e dos outros, da Terra e de todos os Seres.

Testemunho:
"Para mim a Dança Planetária foi algo fantástico, acho que o tempo passou a correr, a meu ver é sempre bom correr por algo, ou até mesmo por alguém, eu corri pela minha avó e por todos aqueles que tal como ela perderam um filho. No final do ritual a sensação foi fantástica, a energia era enorme, adorei! " Ana Sofia Pereira

Facilitadora:
Teresa Prima é intérprete, coreógrafa e educadora artística. Acredita no valor da experiência do processo artístico e expressivo como veículo de (auto) descoberta e (re) conhecimento. Reconhece no papel da arte uma forma de trazer mais humanidade ao Mundo, visão que lhe foi transmitida por Anna Halprin e que tem sido a sua motivação e força para continuar a criar.